Resultados eleitorais de Lisboa

Leia aqui o Jornal Expresso Online.

Os votos obtidos pelas forças politicas que integram a Coligação Lisboa Com Sentido somaram mais 20.000 votos do que os resultados obtidos pelo Partido Socialista.

Coligação Lisboa Com Sentido

Por já ter conhecimento destes dados se justifica que José Sócrates tenha levado, pela mão, António Costa, e somente António Costa, para cima do palco improvisado frente ao Hotel Altis.

Assim também se justifica a expressão de António Costa.

Temos agora duas semanas de campanha pela frente, rumo a uma Lisboa Com Sentido.

13 comentários:

Maria Lisboa....... disse...

Pinto de Sousa pegou na mão do Costa, mas este deixou-se "pegar" e fez mal...muito mal.
Colou-se a uma derrota pessoal do PM que perdeu 10% dos votos e pior que isso, perdeu a maioria que lhe permitia as maiores barbaries jamais vistas em 35 anos de Democracia...Não foi só Pinto de Sousa que perdeu esta noite a força do eleitorado e foi punido impunemente...Costa sumiu....( não fisicamente, que já não cabe na camisa..ve-se que tem comigo bem... )

José de lemos disse...

atão e o Sá Tribunantes e a Rosapreta, votaram onde????pois....
vejam se animam este blog que agora é a sério....força mas sem medos!!!o politicamente correcto agora não ganha votos!

Mario disse...

Somos todos cegos, surdos e mudos?
Pedro uma vez mais tinhas razão, este Portugal e esta Capital não pode continuar como esta, a democracia ás vezes parece injusta, mas sei que és um batalhador continua as tuas ideias, o teu dialogo, são a minha força luta que vamos ganhar.

Anónimo disse...

Rumo à Vitória!!!
Força PSL!!!

JB disse...

PSL dê uma alegria aos Lisboetas e a todos os que não vivendo lá, não suportam a arrogância dos Costas e companhia

Filipe Rodrigues disse...

Boa Noite

Pois Sr. José de Lemos, o Sr. José Sá Fernandes, não sei em quem votou, é que sabe, ele era independente, mais tarde aceitou o apoio do BE para a CML, mas como a unica coisa que os votos do BE lhe deram foi um lugar de vereador, decidiu abdicar de tal, em prol de um lugar com poder de decisão junto a gestão PS de Antonio Costa.

Corrompendo ele, os votos conquistados por ideiais defendidos pelo BE, defraudando o apoio que lhe fora oferecido tanto por um Partido, como pelos seus fieis eleitores.. Ha quem diga que se trata da PESO da governação, mas Sá Fernandes concerteza concorda que se trata mais da leveza do poder.

Tanto gostou do apoio do BE, como da oferta de poder do PS, enfim, pro-e-contras, que se medem a medida que mais vantagens nos trazem a nós pessoalmente, sucumbindo qualquer honra e caracter na defesa de ideias, junto da população.

Relativamente a Helena Roseta, o mesmo acontece, era membro do PSD, foi Presidente da Camara de Cascais, mais tarde, já nao estando na Camara de Cascais (PELO PSD) decide apoiar Mario Soares, sai do PSD para tal efeito, entra como deputada independente do PS, cargo exercido na Assembeleia da Republica pela mesma. Bom enfim, mais tarde decide que defender principios AOS QUAIS ANTES ADERIU, nao lhe servem, sai do PS e candidata-se de forma livre á Camara Municipal de Lisboa, o tal Movimento de Cidadãos por Lisboa, que agora vem a defraldar juntando-se ao PS nestas Eleições, teria ela medo de perder o seu cargo e voz como vereadora? penso que não.. penso tambem que a conclusão aqui é a mesma atribuida atras a Sá Fernandes.

Sejamos francos, ninguem sabe onde é que esta gente vota, apenas podemos dizer que sabemos onde estão e para onde querem ir.

O voto é secreto, mas nem sempre, porque basta o nome deles estar no boletim de voto, que se torna muito obvio, que para eles não ha defesa e lealdade a principios anteriormente adoptados, mas sim uma clara vontade e motivação meramente individual.

Relativamente ao aspecto que referiu, sobre nao haver politicamente correcto hoje, e que tal coisa nao ganha votos, deixe-me desconstruir.

1º tudo o que esta correcto, deve e ganha votos.

2º Se tudo muda, tambem o sentido de "politicamente correcto" deve ou já mudou. Politicamente correcto para mim hoje em dia é sem duvida fazer politica de forma correcta, ou seja, apresentando uma a uma, todas as ideias, na teoria e na pratica, de forma clara, declarar os seus custos para a sociedade contribuinte, caso seja feito, caso não seja.

Politicamente correcto, é ilucidar as pessoas sobre aquilo que DE FACTO, um politico se propõe a fazer.

Politicamente correcto, e ilucidar as pessoas sobre os pontos negativos que o programa "adversário" contem, com todo o respeito e consideração pelas pessoas que pensam diferente, e dai criarem um programa diferente, que apenas peca, por não ser TAO BOM como o nosso.

Se ha gente que discursa que haja educação e respeito mutuo na politica, desrespeita os eleitores, porque o cidadão não quer nem patrocina, muito menos vota, em uma classe politica que desconsidera a sua inteligencia, com campanhas que sejam tudo senão honradas, com total intuito de serviço Publico.

Artigo de Opinião.

Filipe Rodrigues disse...

Estou de volta a este blog e já explico porque.

Sendo eu um apartidario, independentemente do meu primeiro palpite de voto, gosto de olhar a programas e apresentações de todos os candidatos, logo fui aseguir a ter comentado este blog, ver o site de campanha do Sr. Antonio Costa, reparei que tambem tem um de blog.

Nesse referido blog, encontrei uma resposta a este mesmo artigo que aqui comento.

Falando eles dos comentarios de Rui Rio.

Rui rio indica que não ha qualquer ligação entre os resultados legislativos e autarquicos e nao admitir isso seria "desconhecer completamente o que tem sido a (não) correlação de resultados eleitorais autárquicos e legislativos"

Pois bem, tem ele razão, pois desde 2001 sendo ele Presidente da Camara do Porto, que ganhando o PSD sempre as autarquicas, o PSD perdeu sempre lá as legislativas, até mesmo em 1999. Sendo que em 2002 a derrota no Porto foi por escassos 2,26% (Ano da vitoria do PSD nas legislativas).

Rui Rio disse algo com sentido, tendo em conta a realidade do Porto, verdade ou mentira?

Mas a artimanha presenciada no blog da campanha do Sr. Antonio Costa é que, eles assumem isto como algo UNIVERSAL, e como sabem, dados universais ha poucos ou nenhuns, veja-se:

Seja em 1999, Seja em 2002, Seja em 2005, em todas estas Eleições legislativas, o PS ganhou em Lisboa, se duvidam destes dados, consultem-nos.

Sendo que, em todas essas vitorias, apenas em 2002, os votos do PSD + CDS-PP em Lisboa conseguiriam levar vencido o PS, por 5 pontos percentuais, tendo sido destas 3 amostras, aquela onde o PSD teve maior numero de votos em Lisboa 35,6% contra os 38,6% do PS.

Mais curioso ainda, que em 2002 já Santana Lopes era Presidente da Camara de Lisboa, se isto ajudou a ganhar votos em Lisboa para as Legislativas ou não, não sei, nem nunca vi ninguem do PSD a dize-lo, o que vejo sim, é alguem do PS a querer agarrar-se a estes dados para atacar outro Partido, desmembrando as realidades (Porto e Lisboa) e ignorando os factos, factos esses aqui relatados.

Presumo que seja por ai, que se possam considerar estes dados como positivos, visto que desde 2002, que tais resultados não eram obtidos.

Acusaram a demonstração destes dados como uma "ausencia de argumentos", gostaria de saber o que são alguns nomes que chamam a Santana Lopes nesse tal "blog", como tambem alguns cartoons, será que graficos é desespero, mas desenhos é confiança? que eu saiba ninguem mandou fazer aquele grafico, quem o fez foram os eleitores, e esses cartoons, quem os fez?

Para finalizar, como dizem no tal "blog" passo a citar:

"E, já agora, por essa lógica o PSD perderia Porto, Coimbra, Sintra, e por aí fora... eu sei que é cada um por si no PSD mas podia haver mais solidariedade"

Por essa logica, faça favor de estudar os dados de anos anteriores, essa é a logica, aqui a logica é saber antes de falar.

Relativamente ao "cada um por si" etc.. bom ai já se entra novamente num ataque, não pessoal, mas colectivo, algo que desprezo, porque para alem de interpretar mal os dados, deturpar as realidades a seu favor, está para alem disso a usar tal, para atacar um partido, algo que não é menos do que covarde.

Como cidadão mais uma vez peço, como o fiz, mesmo antes de ler tais coisas.. haja respeito, haja menos deste tipo de argumentação barata e ataques pessoais, haja mais conteudo util para os cidadãos, é de tal que queremos e não isto, de todo.

Artigo de Opinião.

Anónimo disse...

É muito inteligente a gestão politica das aparições publicas de PSL. Reveladoras de boa educação e saudavel convivência. Lisboa precisa de gente assim. Será com o meu voto porque quero uma Cidade Feliz. E já agora, a ver se se acaba este permanente desleixo de ruas sujas e esburacadas. É urgente voltar a fazer sorrir os lisboetas.

Marcelo Al disse...

Agora é para fazer melhor que leite e melhor que Sócrates, é para ganhar mas sobre tudo pensando em Lisboa, na Capital de Portugal, pensando no Povo Português, nos Turistas, no Ambiente, e pensando que Lisboa, acima de tudo representa Portugal no seu ser...

Anónimo disse...

Mais eu!! Que votei PS nas legislativas, mas voto PSL nas Autárquicas da minha cidade! Força!!!

ludgero gonçalves disse...

Caro PSL, vamos ganhar Lisboa, mas temos de usar uma única fórmula:
UNIDOS,mas todos unidos mesmo!
Assim, a nossa vitória será inevitável, venha quem vier!
Ludgero Queiroz

Contability disse...

Lisboa merece um bom PRESIDENTE com uma boa equipa

Anónimo disse...

Na qualidade de municipe mas também de funcionário da CML só disponho de uma opção: PSL

Chega de imobilismo total na CML. Chega de falta de coragem política para efectuar a tão necessária reestruturação dos Serviços. PSL foi o único Presidente que, apesar do seu breve mandato avançou nesse sentido.

PS: (não o do António Costa)Sou um eleitor ideologicamente situado à esquerda, mas nestas eleições conte com o meu voto!

Força PSL.