Cinco Sentidos - IV (Mobilidade e Uso Sistemático dos Transportes Públicos)

Para uma política de transportes municipal com sucesso, é essencial, como já dissemos em 2001, a concertação com os restantes Concelhos da área metropolitana.

A inexistência de uma Autoridade Metropolitana nessa matéria é uma nódoa na história recente das decisões dos Governos, desde há uma década, incluindo o XVI Governo Constitucional.

Madrid, por exemplo, há mais de 20 anos que tem o equivalente a essa Autoridade Metropolitana e os resultados são impressionantes na inversão que se verificou entre os níveis de utilização do transporte público e privado. A relação foi completamente invertida, a favor, naturalmente do transporte público.

A velocidade média de circulação do transporte público rodoviário em Lisboa precisa de ser melhorada, o que não é fácil, principalmente por duas ordens de razões: primeira, a do perfil da malha viária da cidade, com ruas muito estreitas, com inúmeros cruzamentos, e, também, sem grandes avenidas que possam contribuir, de modo significativo, para o atravessamento da Cidade; a segunda, o elevado número de carros que, todos os dias, entra e sai da capital, muito por força das deslocações das pessoas que cá trabalham mas que não conseguem viver na sua Cidade.

A concertação inter-municipal, principalmente nos horários e nos itinerários; uma politica de obras públicas que racionalize e liberte a circulação para os transportes públicos; o incentivo e o exemplo no uso desses mesmos transportes; a continuação da politica de condicionamento do tráfego, ponderada e planeada, em zonas de difícil circulação.

São estes alguns dos eixos principais da política a desenvolver para mudar substancialmente, também aqui, o quotidiano da nossa Cidade.

Dia 18 - Cinco Sentidos - V (Humanidade e Inclusão Social)

12 comentários:

Filipe Bastos disse...

Caro DR.,

Eu, os restantes lisboetas, e os restantes contribuintes portugueses, gostaríamos de saber a sua resposta a isto:

«O relatório do Tribunal de Contas adianta que em 2004, as dívidas a fornecedores aumentaram 137% em relação a 2003 e os "compromissos por pagar" 155% face a 2003. (...)O TC conclui também pela "ausência de critérios na atribuição de subsídios, bem como na instituição de procedimentos de monitorização da sua boa aplicação"».

E por favor não nos fale em cabalas, nem mude de assunto para as falcatruas do PS. Agora estamos a falar da SUA gestão. A mesma que deseja recuperar, através desta campanha.

Em nome dos lisboetas, e dos contribuintes portugueses, muito obrigado,
Filipe Bastos

Paulo Jorge disse...

Vejo com muita preocupação que o seu plano para cidade a Segurança não faça sentido. Não saberá que os cidadãos de Lisboa vivem acantonados? Tém medo se sair á rua? Ainda não vimos uma só palavra sua que segurança pretende para cidade.

A segurança para quem vive em Lisboa é um tema basilar que se pretende com resposta clara e eficaz e não meias palavras, propostas vagas e sem praticabilidade.

É sobre a falta de segurança que o queremos ouvir, e o que fará se for eleito para que nós possamos usufruir da cidade a qualquer hora sem medo.

Anónimo disse...

Dr. Santana Lopes,
Ainda não tinha feito qualquer comentário ao blog, está simplesmente DELICIOSO, FANTÁSTICO, COM MUITO NÍVEL, CHEIO DE PINTA.....
O facto de não aparecer a sua fotografia diz-me muito e acho muitissimo bem, só demonstra que tem uma grande inteligência. A meu vêr, só cá faz falta O SEU TÚNEL DO MARQUÊS. É verdade que não foi o Dr. Santana Lopes que o inaugurou, e quem o fez não o soube fazer com GRANDEZA e tampouco merecia fazê-lo (também me enganou bem!!!!!!!), mas o TÚNEL DO MARQUÊS É SEU Dr. Santana Lopes, SEU E SÒ SEU.
Percebo p-e-r-f-e-i-t-a-m-e-n-t-e que não queira falar dele, mas que o TÚNEL É SEU, não há ninguém que lhe possa dizer o contrário. E que caia a lingua a TODOS os que desdenharam e aquele que quis inaugurar como se dele fosse (se tivesse vergonha já tinha saído!).
E VIVA O TÚNEL QUE O DR. SANTANA LOPES DEU A TODOS OS LISBOETAS, E VIVA O TÚNEL QUE "AFINAL" FAZ TODO O SENTIDO NUMA CIDADE COMO LISBOA!
Continuemos todos no mesmo sentido.
EU

Maria de Lurdes disse...

18 Março 2009

"Participe à Câmara o buraco da sua rua
Registo de ocorrências online estará disponível a partir de Setembro
00h30m

TELMA ROQUE
Criar espaços no site da Câmara de Lisboa para acolher vídeos sobre a cidade e reportar problemas como um buraco na rua ou um candeeiro sem lâmpada estão entre as medidas de simplificação administrativa anunciadas esta quarta-feira pelo município" e um blablabla por aí abaixo...
Primeiro, que eu saiba isto foi falado e até proposto por gente da Câmara no tempo de Santana Lopes e Carmona nunca fez nada. Depois vem de lá um Ministro da Defesa e com esse espírito, o de Ministro, anda a passear os carros pela cidade escolhendo as MUITO poucas ruas que não tem buracos. Gostaria de saber qual foi o circuito que fizeram com Abdulha da Jordânia, ou lá se foi mais um "Valentino" da Rainha Palestiniana para o galheiro.Maria Cavaco já está de campanha a Lisboa...estava ela tão verdinha que parecia uma Alface Holandesa, que não alfacinha...Ou seria repolho?Mas falando de coisas AINDA mais importantes que os repolhos de uma e os Valentinos da outra ( mais parecia aquela história do Disney... a bela....e a... ) e não se esqueçam da formiga e da cigarra que Costa tanto gosta e deve ler aos filhotes por mais que estes chorem de pena da formiguinha....só que a história ESTÁ MUITO MAL CONTADA e a formiguinha não é mais que a mistura de outra também famosa historia, a do lobo com pele de cordeiro!!!
"Madrid há 20 anos que" ,blablabla...e só agora se vê isso? sei que mais vale tarde que nunca, mas acabemos de uma vez com a coisa de que ninguém fez nem nós mesmos por esquecimento ou falta de lembrança e escreva-se "vamos fazer isto e aquilo", e pronto!
Só um exemplo em relação ao último artigo.
Quantos espaços de carros para pessoas com dificuldades existem em Lisboa? devia haver 3 ou 4 por Praceta, rua ou/e á porta de todos os organismos oficiais como há nos Supermercados. Mas não é só pô-los, é fiscalizar se o "povinho" tão habituado a viver na selva respeita o próximo.
Educação é algo prioritário!!! EDUCAR OS MUNICIPES E SE NÃO FOREM LÁ A BEM VÃO A MAL,COM MULTAS FORTÍSSIMAS PARA NÃO ESQUECER MAIS QUE TÊM QUE RESPEITAR A LEI!!!!!!!
Espero que seja um dos sentidos.Educar,muito,muito muito, que somos o povo mais mal educado,egoista e "balda" do mundo!

Anónimo disse...

Não posso deixar de lhe dar os parabéns! Publicou o que eu escrevi e, mais uma vez eu tinha razão! Quando as coisas passam pelo Sr. o Sr. FAZ, NÃO TEM MEDO NÃO DEVE NADA A NINGUÉM POR ISSO NÃO TEM MEDO. Tenho a certeza que passa os olhos por tudo. Houve muita coisa que se passou na Câmara de Lisboa porque o Sr. não sabia, não lhe davam conhecimento e foi aí que as coisas correram mal. Muitos diziam que gosta de centralizar tudo. MENTIRA! TEM QUE CENTRALIZAR TUDO porque começa a conhecer quem o rodeia. Repare que eles não fazem isso por mal, mas que no fim lhe fazem imenso mal, disso não tenha dúvida. Tudo o que lhe passou pela mão NUNCA correu mal e eu sempre disse isso, a todos. Tinham-lhe medo - é claro que só podiam ter medo, a fazer tanta asneira só pode!!!
Dizem "por aí" que o que denigre a sua imagem é a sua vida pessoal! Bolas, bolas, bolas! Eu não queria ter que dizer isto mas o que é demais cheira mal. Então o Sr. é divorciado, é um homem livre e andam a exigir de si o quê? Mas o que é isto? Andámos anos e anos a falar dos Barões do PSD ( os que agora são os LADRÕES DO PSD) e esses todos, criticam-no por causa da sua vida pessoal e das namoradas que tem? Essa parte eu até os entendo porque os rapazes que andam a "arrotar" (desculpe mas só posso falar assim) postas de moralidade e, nós sabemos, que são "feios porcos e maus" têm amantes baratas por tudo o que é lado, fazem tudo à descarada, ofendem a moral de qualquer um, ficam com uma raiva desgraçadinha porque o Sr, tem paletes de miúdas giras atrás de si, coitados, aí até os percebo... mas o que é que essa gente com tanta falsa moralidade quer? Desculpe mas aí o Sr. dá-lhes muito troco. E isso também aconteceu quando foi à Assembleia - o Sócrates picou-o ( ele sabe como o deve picar ) e, para grande espanto meu o Sr. caiu na esparrela. Juro que fiquei admirada por o Sr. ter caído na armadilha. O Sr. até recebeu mensagens que lhe davam força porque é que reagiu aquele abutre do Sócrates?A sua vida pessoal é consigo, o Sr. nem casado é como esses burros todos que são o pior exemplo para a sociedade e para as familias deles. Não lhes responda, não dê troco. Faça como tem feito ultimamente. Mantenha o silêncio, tal como tem mantido relativamente ao túnel. Nesse ponto até tenho orgulho. Só tem sido dignificante para o Sr. não dizer uma palavrinha que seja sobre o túnel. O Sr. tem coluna vertebral, pelas alminhas não me desiluda!
O TÚNEL É SEU SR.DR.SANTANA LOPES E ESSA OBRA NINGUÉM LHA TIRA TAL COMO O CCB - o seu silêncio relativamente ao túnel só prova que o Sr. tem muito nível e é esse nível que põe OS LADRÕES TODOS DO PSD à toa, completamente. Quanto à sua gente, conheço-os a todos. Não são má gente, não são de todo mas, há ali um problema que estoira com o sistema todo - elas perdidamente apaixonadas por si, eles tendo como objectivo de vida serem iguais a si.... o Sr. tem culpa? Não, claro que não, mas que tem que resolver esse problema, ai isso tem porque de outra forma as coisas correm o risco de voltar a correr mal.
Eu também andarei por aí ( eles ficam doidos quando estas frases que o Sr. manda sem pensar ( MUITO BEM PENSADAS E AO PORMENOR) ficam na boca de toda a gente. Veja só têm a ousadia de pretender ser como o Sr.!! Ou... meus Deus....nunca pensei nisso.... será que eles também gostam de si??? Bolas, apaixone-se a torto e a direito Sr., não me vá para o outro lado, pelas alminhas, namore até encontrar aquela mulher que vai fazer de si O GRANDE HOMEM DE PORTUGAL
E, porque estamos num país que tem um partido na oposição que, em vez de fazer oposição andam "tipo sopeiras" a falar mal uns dos outros e a estragar a vida uns aos outros, principalmente aos que tanto deram pelo partido anos e anos.... com muita pena minha, não me identifico. Eu sei que o Sr. chega lá. Até breve.

Júlia Antunes disse...

Concordo com a intenção e com o objectivo da mesma, mas aqui não se diz quais os meios para o conseguir.
Soluções existem várias, mas gostava de saber a sua opinião sobre:
1) os parques de estacionamento na entrada da cidade,
2) fechar ao trânsito algumas zonas da cidade, principalmente no centro histórico,
3) ou restringir ou condicionar o trânsito no centro a transportes públicos e a moradores.
De todo o modo...não se explicita aqui nenhum dos meios e este é um problema de há muitos anos da cidade e não tem havido coragem para tomar decisões!

Álvaro S. disse...

eu vivo em Lisboa desde que nasci e gostava de expôr a uma situação que me revolta aos fins-de-semana de 15 em 15 dias.
além de não haver nenhuma articulação com outros concelhos, sobretudo os arredores da cidade, não existe nenhum tipo de comunicação entre polícia municipal e psp nem ao nível da segurança nem no do trânsito.
eu sou sportinguista, mas os benfiquistas têm a mesma dor de cabeça que é chegar ao estádio e arrumar o carro a tempo para estar a horas no jogo. no fim do jogo, o caos é sempre o mesmo e temos de saír antes para apanhar menos trânsito. o preço dos bilhetes + o preço de arrumar o carro + o preço da dor de cabeça que é ir à bola de carro é insuportável e as pessoas afastam-se.
gostava que o senhor pensasse concretamente numa forma de descongestionar o trânsito nos acessos ao estádio e de arranjar forma de haver estacionamento para todos. é que este cenário piorou desda a eleição do antónio costa!
há mais situações concretas para resolver porque há filas quase todos os dias em vários sítios da cidade mas esta é uma questão concreta.

um abraço, saudações democráticas

Bernardo M.v.K. disse...

Ainda bem que escolhe a mobilidade como uma das bandeiras. Mesmo de autocarro demoro horas todos os dias para atravessar a Avenida da República e depois a Avenida da Liberdade que são logo duas das principais.
Na da República não percebo como é que é possível estar em obras há tanto tempo, mas penso que deveria merecer uma maior organização. De carro com os radares a ir a 50 à hora e a parar semáforo sim semáforo sim é mesmo muito lenta. De facto, depois do túnel, mesmo quem não o utiliza anda com maior rapidez, mas talvez fosse de modificar um pouco a organização do trânsito destas duas importantes avenidas lisboetas.

Maria Mendonça disse...

Curiosa aquela afirmação da cigarra e da formiga porque hoje vejo muito o senhor dr. Santana Lopes a trabalhar muito, com calma, falando apenas do que interessa, enquanto outros entoam cantorías para o ar. Talvez aquela afirmação tivesse razão de ser, não naquele contexto.
Quanto ao resto, gostava de lhe dar os parabéns pelos cinco sentidos de Lisboa no próximo mandato. Não tenho dúvidas de você irá ter uma vitória maior do que a de 2001!
Força!

Anónimo disse...

e o empreendimento da infante santo?

Luis disse...

Sr. Dr.

Apesar de já ter lido o seu manifesto para a cidade de Lisboa, ainda não encontrei qualquer referência ao uso de motociclos/ciclomotores, tão acarinhadas nas grandes cidades europeias,que o Sr. Dr. tão bem conhece, não só pela mobilidade citadina, mas essencialmente pelo menor desgaste de vias, menor poluição ambiental, menor espaço ocupado entre outros benefícios para a cidade e cidadãos.Gostava pois que deixasse aqui expresso o seu programa no que toca a este tema.

Luis Pereira

Anónimo disse...

Para melhorar a segurança em Lisboa é preciso:

1º Localizar os pontos "negros"

2º Reunir a várias Polícias, fazer um inventário exaustivo dos efectivos existentes e a respectiva localização. DEVE-SE REALIZAR UM BRIEFING SEMANAL DE TODAS AS FORÇAS EM PRESENÇA NA CIDADE, PARA COORDENAÇÃO E TROCA DE INFORMAÇÕES.

3º Fazer incidir mais a vigilância de proximidade ao período nocturno.

4º Criação de "Esquadrões Voadores"
compostos por Guardas de Intervenção prontos para intervirem rapidamente e em qualquer ponto da Cidade. Cada esquadrão pode ser composto por quatro homens em duas motos rápidas. Estas equipas estariam baseadas em locais estratégicos a estudar pelos conhecedores do terreno Lisboeta.

5º Atribuir aos Guardas ( e respectivas Famílias) que prestam serviço nas Esquadras, alojamento no bairro respectivo. Assim passam a fazer parte do colectivo local.

6º Treinar TODOS os Polícias para saberem ser simpáticos com TODA a gente. A Autoridade não pode apresentar cara de mau, antes pelo contrário. Os bandidos são a excepção. 99,99% dos Cidadãos são boas pessoas.

Melhores cumprimentos,

José Luis S